No próximo mês será transmitida, pela Rede Globo, a série médica Sob Pressão. Na trama, os médicos Dr. Evandro (Júlio Andrade), Paulo (Ícaro Silva) e Caroline (Marjorie Estiano), têm que realizar cirurgias em um traficante, em um policial e em uma criança que se feriram durante um tiroteio na favela próxima ao hospital. A série reflete o relacionamento dos médico e problemas sociais e éticos. Você se lembrou de algo parecido? Sim, a série norte-americana Grey’s Anatomy!

O cético Dr. Evandro é o cirurgião-chefe, e a religiosa Carolina, é uma cirurgiã vascular. Apesar das diferenças eles acabam se apaixonando e tentam resistir a dura rotina do trabalho de um hospital completamente desequipado. Esse misto de drama e romance lembra bastante o enredo de Grey’s Anatomy. Contudo, o enfoque principal é diferente. Mesmo antes da estreia, o diretor Andrucha Waddington explica qual será o foco da trama:

“Não me lembro de nenhuma série médica que tenha uma pegada realista como a que estamos fazendo aqui no Brasil. Estamos fazendo um material esculpido para a nossa realidade, feito a partir de muita pesquisa de campo”. Além das histórias dos médicos, os pacientes trarão dramas pessoais calcados em questões sociais do Brasil, tornando o contexto bem específico e mais pesado que o da série americana.






“Cada paciente entra na emergência com uma história. E, para entrar nesses casos e se aproximar ao máximo da realidade, a gente fez um painel, uma coletânea de histórias que acontecem no cotidiano e cujo debate pela sociedade é de extrema importância”, disse ele para a Comunicação Globo.




FONTE: http://www.fatosdesconhecidos.com.br