O atentado terrorista  contra o show da cantora americana Ariana Grande em Manchester, na segunda-feira (22), deixou ao menos 22 mortos e 64 feridos.

 




As amigas Alison Howe, 45, e Lisa Lees, 47, da cidade de Oldham, morreram no atentado terrorista contra o show da cantora americana Ariana Grande em Manchester, na segunda-feira (22)

Alison Howe (à esq.), 45, e Lisa Lees, 47, da cidade de Oldham

As amigas Alison Howe, 45, e Lisa Lees, 47, da cidade de Oldham, estavam esperando na entrada da Manchester Arena para buscar suas filhas após o show quando um homem-bomba se explodiu. Acredita-se que as crianças, de 15 anos, estejam seguras. Jane Tweddle-Taylor, 51, residente de Blackpool, também estava no local para buscar a filha de uma amiga no momento da explosão.

Marcin e Angelika Klis, de 42 e 40 anos respectivamente, poloneses residentes em Nova York, morreram no atentado terrorista contra o show da cantora americana Ariana Grande em Manchester, na segunda-feira (22)

Marcin e Angelika Klis, de 42 e 40 anos respectivamente, poloneses

Marcin e Angelika Klis, de 42 e 40 anos respectivamente, poloneses residentes em Nova York, estavam buscando suas filhas no local quando ocorreu o ataque. Segundo o governo polonês, as crianças estão seguras. O estudante Nell Jones, 14, de Cheshire, também morreu após a explosão. Kelly Brewster, 32, de Sheffield, morreu enquanto protegia sua sobrinha da explosão, de acordo com sua família.

Martyn Hett, 29, morreu no atentado terrorista contra o show da cantora americana Ariana Grande em Manchester, na segunda-feira (22)

Martyn Hett, 29

O gerente de relações públicas Martyn Hett, 29, é outra vítima.

Olivia Campbell, 15, morreu no atentado terrorista contra o show da cantora americana Ariana Grande em Manchester, na segunda-feira (22)

Olivia Campbell, 15

Olivia Campbell, 15, objeto de buscas nas redes sociais após o ataque, também morreu. Sua mãe a descreveu como uma “menina maravilhosa, preciosa”.  John Atkinson, 28, foi atingido na explosão.




Georgina Callander (à esq.), vítima do atentado durante show de Ariana Grande em Manchester em 22 de maio de 2017

Georgina Callander (à esq.), vítima do atentado em Manchester, com Ariana Grande em foto de 2015

A estudante Georgina Callander, 18, era fã de Ariana Grande e havia postado nas redes sociais fotos ao lado da cantora em ocasiões anteriores.

This undated photo obtained by the Press Association on Tuesday, May 23, 2017, of Saffie Roussos, one of the victims of an attack at Manchester Arena, in Manchester, England, which left more than a dozen dead on Monday. A suicide bomber blew himself up as concert-goers left a show by the American singer Ariana Grande. (PA via AP) ORG XMIT: LON925

Saffie Rose Roussos, 8

Saffie Roussos, 8, foi descrita por um professor como “simplesmente uma pequena garota linda”. A polícia britânica disse que uma agente, residente de Cheshire, morreu no ataque, mas o nome da vítima não foi divulgado.

Nós da Curioso Mundo sentimos muito e desejamos muitas forças para as famílias nesse momento difícil, que Deus abençoe a todos!

 

Weblink Hospedagem de Sites